30.3 C
Manaus
sexta-feira, dezembro 1, 2023
Publicidade
InicioAmazonasChapa ‘RenovaDPE’ concorre à eleição direção da DPE-AM

Compartilhar

Chapa ‘RenovaDPE’ concorre à eleição direção da DPE-AM

Garantir a renovação contínua de ideias e o aprimoramento dos serviços prestados à população do Amazonas, esse é um dos principais objetivos da chapa “RenovaDPE”, que tem como candidata à Defensora Pública-Geral do Estado, Caroline Pereira de Souza, e como Subdefensor Público-Geral, Arthur Sant’Anna Ferreira Macedo. Na manhã desta terça-feira (31), os dois defensores públicos formalizaram a candidatura da chapa para concorrer à eleição que irá formar a lista tríplice para nomeação da nova direção da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM).

A chapa “RenovaDPE”, além de promover a alternância de gestão que é um fator de fôlego imprescindível que impulsiona a chegada de novos tempos, também é uma oportunidade única de quebrar barreiras históricas, elegendo a primeira mulher como Defensora Pública-Geral do Amazonas, trazendo uma mensagem forte e clara do comprometimento com a igualdade de gênero, a inclusão e a justiça, reafirmando o compromisso de uma gestão renovada, transparente e empenhada com a excelência no serviço público.

Há dez anos como defensora pública do Amazonas, Caroline Souza explicou que colocou o nome à disposição por conhecer as fragilidades e os problemas que a Defensoria Pública do Estado do Amazonas apresenta, bem como as críticas que os servidores da instituição sofrem a partir do atendimento com o público assistido.

“Nesse momento, investimos na candidatura a partir do desejo de um grupo de defensores que almeja renovar em diversos aspectos, desde a postura institucional até a reabilitação da confiança dos assistidos e a melhoria da eficiência de nossos atendimentos. Estamos construindo propostas dialogando com defensores do interior e da capital, com equidade e muita transparência em nossas ações”, pontuou a candidata.

Dentre as propostas para melhorar os serviços oferecidos pelo órgão à população, Caroline Souza destacou que é fundamental, primeiro, “arrumar a casa” de dentro para fora, enfatizando que nesse processo o primeiro olhar é para os servidores do órgão, para assim alcançar a melhoria dos serviços prestados à população.

“Partindo dos defensores, que lideram os processos institucionais e passando pelos servidores que fazem toda a nossa instituição rodar, vamos trabalhar pela valorização profissional estruturando as nossas lutas com dados e argumentos que validem nossos pedidos. Precisamos melhorar nossas condições de estágio, trabalhar pela nomeação de defensores aprovados no último concurso público, fortalecer a infraestrutura dos Pólos no interior do Estado e trabalhar em defesa das prerrogativas dos defensores que hoje estão sobrecarregados em toda a nossa estrutura”, pontuou.

A candidata à Defensora Pública-Geral do Estado disse, ainda, que a intenção da chapa “RenovaDPE” é levar o público assistido para perto da DPE-AM. “Queremos, inclusive, que o público que procura os serviços da Defensoria colabore em processos de criação e construção de novos serviços públicos, porque somente quem utiliza os serviços pode ajudar com ideias de melhorias e isso vamos fazer juntos. Inovação é um processo aberto e é nisso que acreditamos, o mundo está em transformação e metodologias antigas já não surtem efeito”, concluiu Carolina Souza.

Votação

A eleição para a formação da lista tríplice será realizada no dia 1º de dezembro de 2023. A votação será realizada, de forma híbrida – presencial e virtual -, no horário de 8h às 17h, ininterruptamente, na sala de reunião do conselho superior, localizado na sede administrativa da DPE-AM, situada na avenida André Araújo, bairro Aleixo, zona Centro-Sul da capital.

A lista tríplice será entregue ao governador do Amazonas, Wilson Lima, pelo defensor público-geral do Estado no primeiro dia útil após a eleição.

Perfil dos candidatos

Candidata à Defensora Pública-Geral, Caroline Souza foi nomeada como defensora pública, após aprovação em concurso em 2013. Iniciou sua carreira no interior do Amazonas, no município de Manaquiri. Transferida para Manaus, atuou no acompanhamento dos processos que tramitam nos Juizados Especiais Cíveis, situados nas zonas Leste e Norte da capital. Defensora pública de 2ª Classe, Caroline Souza já esteve à frente da Coordenadoria Temática Cível e também foi eleita duas vezes para Conselho Superior, órgão colegiado e deliberativo máximo da instituição. Atualmente exerce suas atividades nas Varas de Fazenda Pública do órgão.

Candidato a Subdefensor Público-Geral, Arthur Sant’Anna Ferreira Macedo, foi empossado defensor público em 2013, após aprovação em concurso, iniciando a sua carreira como titular nos municípios de Novo Aripuanã, Itacoatiara, Urucurituba e Rio Preto da Eva. Transferido para Manaus, Arthur Sant’Anna atuou na Vara de Entorpecente. Defensor público de 1ª Classe, Arthur Sant’Anna já foi eleito membro do Conselho Superior da DPE-AM, também atuou como membro representante do órgão no Conselho Penitenciário do Estado do Amazonas. Atualmente é titular da Defensoria com atuação na Vara de Execução Penal e também é membro titular da Comissão de Execução Penal do Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais (CONDEGE).

Fonte: Assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...