29.3 C
Manaus
quarta-feira, julho 17, 2024
Publicidade
InicioMundoPrigozhin afirma que motim não tinha intenção de derrubar Vladimir Putin

Compartilhar

Prigozhin afirma que motim não tinha intenção de derrubar Vladimir Putin

O líder do grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin, falou sobre a rebelião conta Moscou nesta segunda-feira, 26, e esclareceu que o objetivo do motim não era derrubar Vladimir Putin, mas sim preservar seu grupo paramilitar, que estava ameaçado de ser absorvido pelo Exército. O militar falou sobre o assunto em uma mensagem gravada de 11 minutos no Telegram, Prigozhin afirmou que a marcha visava evitar a destruição do Grupo Wagner e responsabilizar os funcionários que cometeram uma série de erros por meio de suas ações não profissionais, além de expor os graves problemas de segurança no país.

Ele destacou a organização de seus homens, que viajaram 780 km sem enfrentar muita resistência e pararam a apenas 200 quilômetros de Moscou, recebendo apoio dos civis durante o trajeto.

A localização atual de Prigozhin é desconhecida. Ele está desaparecido desde que assinou um acordo com Vladimir Putin para encerrar o conflito.  No áudio, ele lamentou a necessidade de ativar a aviação russa e enfatizou mais uma vez que recuaram para evitar o derramamento de sangue de soldados russos.

Fonte: Jovem Pan

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...