26.3 C
Manaus
quinta-feira, julho 18, 2024
Publicidade
InicioAgenda CulturalApresentações da série Encontro das Águas chega na reta final

Compartilhar

Apresentações da série Encontro das Águas chega na reta final

Ballet e música clássica vão brilhar nesta reta final da série Encontro das Águas. De 12 a 16 de julho, o público manauara poderá conferir os espetáculos “Koyaanisqatsi”, “Disquinho” e “Dom Quixote” em versões adaptadas por talentos amazonenses.

Do dia 12 ao dia 16 de julho, o ballet ocupará a cena com “Dom Quixote”. Livremente inspirado na obra de Miguel de Cervantes, a montagem mescla os traços hispânicos, com seus animados cavaleiros e espevitadas senhorias. As apresentações serão sempre às 20h no Teatro Amazonas.

Já no dia 13 de julho, a série abre espaço para o espetáculo “Koyaanisqatsi”, baseado no curioso filme que estreou em 1982 e causa frisson até hoje. 

Divulgação

A pequena performance de Marcelo de Jesus e Átila de Paula acontece no cinema do Casarão de Ideias usando sintetizadores digitais e um coro de solistas, trazendo intimismo e uma experiência que mistura visuais frenéticos e música hipnotizantes. Serão duas sessões, uma às 19h e outra às 20h, no Teatro Amazonas.

A Companhia de Teatro Metamorfose, acompanhada pela Orquestra de Câmara, interpretará as histórias de “Disquinhos” em diversas linguagens, como teatro de bonecos e sombras. 

O espetáculo é baseado na coleção histórica da década de 1960. Cada disco trazia uma história de conto de fadas cheia de músicas, compostas e adaptadas por João de Barro e orquestradas por Radamés Gnattalli.

A coleção foi produzida até a década de 1980, num total de 89 histórias, com fábulas de Esopo, contos de Hans Christian Andersen e dos Irmãos Grimm, lendas indígenas, cantigas de roda e textos em domínio público. Vendeu 5 milhões de unidades.

Divulgação

As apresentações ocorrerão nos dias 15 e 16 de julho, às 11h, no Teatro Amazonas.

A série Encontro das Águas ocorrerá até o dia 16 de julho em Manaus. O evento é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. 

Fonte: Assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...