25.3 C
Manaus
terça-feira, junho 18, 2024
Publicidade
InicioAgenda CulturalParada Brega agita a zona leste de Manaus, no sábado(30)

Compartilhar

Parada Brega agita a zona leste de Manaus, no sábado(30)

No sábado, dia 30 de março a partir das 21h, o músico Leandro Negreiros vai colocar todo mundo para dançar na Praça do Armando Mendes, localizada na Rua Rio Xanxerê, bairro Armando Mendes, zona Leste de Manaus. O artista estreia a fase de shows ao vivo com a Parada Brega.

O local escolhido para o espetáculo é uma homenagem de Leandro ao bairro que lhe é tão familiar. “Eu morei no Armando Mendes por 26 anos. Esse show não poderia ser em outro lugar. A ideia de reunir o melhor do brega foi da minha mãe (a cineasta Izis Negreiros). Além da seleção primorosa dos grandes hits deste gênero, eu também fiz algumas adaptações. Dei uma nova roupagem para a música Lama de Núbia Lafayette, ela será toca no ritmo do brega”, antecipou o artista.

No repertório, estão os grandes sucessos do brega, gênero tipicamente brasileiro como as músicas Diana, Por que brigamos, Lama, A raposa e as uvas, Traficante do Amor, Declaração de Amor e também composições autorais do artista como Vão pensar que é um trote, Só lembranças, Litrão.

Além do multifacetado Leandro, sobe ao palco para alegria dos moradores da Zona Leste, o DJ Ruan, O Top do Pará. O artista é conhecido por tocar o “arrocha”, ritmo baiano que contagiou o Brasil, em especial o Amazonas, por misturar o brega, com a seresta e o estilo romântico. “É para dançar agarradinho, sem desgrudar um minuto”, lembra o DJ, que promete embalar os apaixonados e aqueles que gostam do arrocha.

Parada Brega

A primeira Parada Brega foi contemplada com recursos do Concurso-Prêmio Manaus Identidade Cultural Demais Linguagens, através da Lei Paulo Gustavo, implementada pelo Ministério da Cultura do Governo Federal com apoio do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), órgão ligado à Fundação Municipal de Cultura, Eventos e Turismo (ManausCult) da Prefeitura de Manaus.

Segundo Leandro Negreiros, a Parada Brega no Armando Mendes pode ser o início de um projeto maior. “Como a gente conseguiu a verba para fazer a primeira edição, já se torna um projeto piloto. A gente já está pensando no Parada Brega 2. Queremos levar para os bairros, levar alegria, distração e proporcionar para as pessoas esse reencontro com a sua memória auditiva afetiva”, prospecta Leandro.

Trajetória

Nascido em Manaus, Leandro Negreiros, 37 anos, é compositor, letrista e músico profissional há 20 anos. Além de exímio violonista e vocalista de bandas e de eventos, o artista ingressou em novos universos da arte a partir de 2017. Leandro é compositor, arranjador de trilhas sonoras, locutor de audiodescrição e dublador de filmes.

Na infância, admirava o avô Augusto Negreiros quando ele tocava violão. Embora a mãe, Izis Negreiros seja profissional do audiovisual e não da música, foi ela a maior incentivadora de forma indireta. “Minha mãe tinha uma grande coleção de discos e depois CDs. Lá, conheci e me apaixonei pelo Quenn, pela Laura Pausini. Então passei a pedir CDs do Legião Urbana, dos Mamonas Assassinas . Aprendi a tocar sozinho flauta doce e depois violão com ajuda de uma revista que mostrava as cifras”, relembrou.

O jovem é uma verdadeira metamorfose em se tratando de estilo musical. Começou no rock pop, passou pela MPB até chegar ao brega. Em 2022, lançou o primeiro trabalho totalmente autoral “Equilíbrio”. O álbum traz faixas que vão do brega ao rock pop, uma experimentação que será possível conferir de perto na Praça do Armando Mendes.

Com informações da assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...