27.3 C
Manaus
quinta-feira, maio 30, 2024
Publicidade
InicioAmazonasBarco de pesquisa da UEA faz expedição de monitoramento dos rios do...

Compartilhar

Barco de pesquisa da UEA faz expedição de monitoramento dos rios do AM

O Programa de Monitoramento de Água, Ar e Solos do Estado do Amazonas (ProQAS/AM), desenvolvido pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) com o apoio do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), iniciou, nesta terça-feira (10/01), mais uma etapa das expedições de mapeamento da qualidade das águas dos rios da região Amazônica.

A campanha terá a duração de 12 dias e seguirá até as proximidades do município de São Gabriel da Cachoeira (distante 852 quilômetros de Manaus).

Durante esse período, serão coletados materiais para análise em 60 pontos pré-definidos ao longo do trajeto.

O barco de pesquisa do ProQAS/AM “Roberto dos Santos Vieira” é composto por quatro laboratórios, cinco camarotes, refeitório, entre outros espaços.

A bordo da embarcação para esta expedição estão pesquisadores do Grupo de Pesquisa Química Aplicada à Tecnologia (GP-QAT) da UEA, da Universidade de São Paulo (USP), do instituto alemão Max Planck, além de profissionais dos Estados Unidos.

O reitor da UEA, Prof. Dr. André Zogahib, participou do lançamento da campanha e afirmou que a iniciativa é um exemplo claro da importância da cooperação para o desenvolvimento da ciência no mundo.

“Temos pesquisadores de diferentes instituições e locais utilizando a estrutura que a UEA proporciona com o objetivo de promover um ostensivo monitoramento das águas de nossa região. Essa análise é fundamental para que possamos entender o impacto da ação humana na natureza. Como universidade, precisamos criar este tipo de reflexão, que pode ser testada e aprovada. Isso é ciência”, pontuou.

Processo de coleta

As campanhas de monitoramento promovidas pelo ProQAS seguem um cronograma de acordo com as estações do ano, levando em consideração os períodos de chuva e de seca. São levantados dados dos pontos no qual encontram-se os materiais coletados, em que são analisados 90 parâmetros de cada um.

O levantamento busca estabelecer um banco de dados para que seja apontado o Índice de Qualidade de Águas (IQA) da região Norte.

Os resultados são disponibilizados para a população por meio do site do GP-QAT, responsável pela pesquisa.

Desde o lançamento do barco, em março de 2022, foram realizadas três campanhas nas bacias do lago do Puraquequara e igarapésTarumã-Mirim e Tarumã-Açu, incluindo também a região de Anavilhanas, no município de Novo Airão (distante 115 quilômetros de Manaus).

O ProQAS/AM é coordenado pelo Prof. Dr. Sérgio Duvoisin Junior, que reafirma a necessidade de se mapear o estado ambiental da região Amazônica.

“O programa nasceu com o objetivo de monitorar o nível de qualidade das águas e identificar o pH dos rios do Amazonas. Os esforços somados com pesquisadores de outros institutos permitem que possamos dar mais um passo importante para a coleta desses dados”, completou.

Parceria

O Acordo de Cooperação Técnica entre Ipaam e UEA, assinado em 2021, definiu o apoio do órgão para o ProQAS/AM, grupo de pesquisa “Química Aplicada à Tecnologia” da Escola Superior de Tecnologia (EST) da UEA, com a disponibilização da embarcação para as atividades e participação de técnicos do Ipaam em ações de monitoramento e análises laboratoriais.

Para saber mais sobre as atividades do GP-QAT/UEA, e conferir os resultados, acesse o site do grupo de pesquisa disponível no link: www.gp-qat.com.

Fonte: Agência Amazonas

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...