31.3 C
Manaus
domingo, abril 14, 2024
Publicidade
InicioAmazonasCrianças internadas na Policlínica Codajás recebem ação natalina

Compartilhar

Crianças internadas na Policlínica Codajás recebem ação natalina

A Secretaria de Saúde (SES-AM), por meio da Policlínica Codajás, realizou o tradicional Natal do Centro Especializado em Reabilitação Tipo IV (CER-IV), na manhã desta quarta-feira (13/12). A atividade foi voltada para crianças e familiares cadastrados na unidade que fazem tratamentos de saúde. 

Em confraternização, o evento também reuniu os servidores da unidade, mostrando a capacidade funcional das crianças, a partir do trabalho realizado pela equipe multiprofissional. Entre as atividades culturais com tema natalino, o evento contou com a chegada do Papai Noel, peça teatral, coral musical, apresentação com instrumentos e distribuição de brindes. 

O diretor-geral da Policlínica Codajás, Ráiner Figueiredo, destacou a importância da atividade, como demonstração do resultado de um ano de muito trabalho na unidade.

“Diariamente os pais, responsáveis e crianças passam por nossa unidade em busca de qualidade de vida e saúde. A unidade acaba se tornando a segunda casa deles e, nada mais justo que um encontro tão necessário e especial para confraternizar e afirmar que nosso SUS é feito com amor e humanizado”, ressaltou o diretor da unidade.

A técnica em eletrônica Ariedina Lima, acompanha a filha de três anos em consultas de fonoaudiologia e psicologia. Para a mãe, o momento de confraternização proporciona mais valorização. 

“Esse encontro integra mais a gente com toda equipe. Consigo ver que se importam conosco além das consultas. Estou muito feliz em participar deste momento com a minha filha”, declarou.

Após as apresentações, houve sorteio de presentes, entrega de brindes pela equipe multiprofissional com apoio do Papai Noel e entrega de lanches a todos os participantes.

Sobre o CER 

Atualmente, o CER atende cerca de 200 crianças com transtorno do espectro autista (TEA), paralisia cerebral e entre outros casos. Com apoio de 13 profissionais entre fisioterapeutas, terapeuta ocupacional, psicólogos, fonoaudiólogos, assistente social, crianças e familiares recebem atendimento. Os atendimentos são realizados via sistema Sisreg, para a unidade de saúde.

Fonte: Assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...