29.3 C
Manaus
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
Publicidade
InicioAmazonasIntercambistas do programa ‘Mais Médicos’ chegam à Manaus

Compartilhar

Intercambistas do programa ‘Mais Médicos’ chegam à Manaus

A Prefeitura de Manaus está recebendo candidatos da segunda chamada do “Mais Médicos” para o Brasil, pré-alocados para atuação na capital amazonense e que tiveram êxito no Módulo de Acolhimento e Avaliação (MAAv), do programa. Até esta segunda-feira, 11/9, 102 bolsistas se apresentaram na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em atendimento ao edital de convocação, cujo prazo segue até a sexta-feira, 15/9.

O novo edital foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), edição 5.665, do dia 6/9, e está disponível para consulta em http://semsa.manaus.am.gov.br/servico_cidadao/?t=concursos. O resultado definitivo da alocação dos candidatos nesta fase do “Mais Médicos” (28º ciclo), referente ao Edital nº 5, da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, do Ministério da Saúde, pode ser consultado no site http://maismedicos.gov.br/resultados.

O chamamento abrange médicos intercambistas, brasileiros e estrangeiros, formados e habilitados para o exercício da medicina no exterior, que participaram do MAAv, em Brasília (DF), no período de 14/8 a 1º/9.

A titular da Semsa Manaus, Shádia Fraxe, informa que Manaus conta, hoje, com 112 bolsistas do “Mais Médicos”, atuando nas unidades básicas da rede municipal, e revela boas expectativas com a convocação da nova leva de candidatos do programa.

“Esses mais de cem profissionais que vieram na primeira chamada já somam conosco para levar saúde para a população de Manaus, e com os novos bolsistas vamos ampliar ainda mais a cobertura da atenção básica, em especial nas áreas mais carentes de serviços de saúde”, declarou.

Dois dos médicos intercambistas que se apresentaram na Semsa, nesta segunda chamada, Rafael Augusto Brito, de 35 anos, e Ueliton Abreu, 36, vieram à capital amazonense, pela primeira vez, e se disseram ansiosos para começar a atuar na rede básica municipal e contribuir para assegurar acesso à saúde em suas áreas de atuação.

“Minha expectativa é de estar no meio da comunidade, fazer parte dela e poder ajudá-la da forma que ela necessita”, afirmou Rafael, que é de Cuiabá (MT). Ueliton, vindo de Rio Branco (AC), compartilhou das boas expectativas do mato-grossense: “Quero ajudar muito as pessoas e espero que a população goste do meu trabalho aqui”.

Chamadas

A convocação dos médicos intercambistas pré-alocados para Manaus acontece após as primeiras chamadas, realizadas entre os meses de junho e julho para profissionais formados no Brasil ou com diploma revalidado no país, com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM), que têm prioridade no “Mais Médicos”, e intercambistas que passaram pelo MAAv em edições anteriores do programa.

Ao todo, 256 bolsistas foram alocados pelo “Mais Médicos” para atuação em Manaus, dos quais 130 se apresentaram na Semsa, entre junho e julho. Dentre eles, 18 desistiram da participação no programa e 112 seguem em atividade nas unidades da rede básica municipal.

A próxima convocação de candidatos alocados para atuar em Manaus está prevista para ocorrer de 18 a 22/12, abrangendo 39 selecionados da terceira e da quarta chamadas do 28º Ciclo do programa. Desse total, serão chamados apenas os candidatos que forem aprovados na fase documental e que tiverem êxito na nova etapa do MAAv, a ocorrer no período de 6/11 a 1º/12.

Procedimentos

Conforme o edital de convocação da Semsa, os candidatos aprovados no MAAv devem acessar o site pssemsa.manaus.am.gov.br para se cadastrar e inserir os documentos requeridos no processo de admissão. A lista de documentos consta no Anexo Único do edital, disponível no site http://semsa.manaus.am.gov.br/servico_cidadao/?t=concursos.

Após o cadastro on-line, o candidato deve comparecer no auditório da Semsa, na sede da secretaria, na avenida Maceió, nº 160, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul, munido de RG e CPF, para orientação quanto aos procedimentos pré-admissionais e checagem de pré-requisitos.

O prazo vai até a sexta-feira, 15/9, das 8h às 12h, no horário local. A secretaria alerta, ainda, que a entrega dos documentos deve ser feita, de forma presencial, pelo médico, não sendo admitida a entrega por procurador ou representante.

A diretora de Gestão do Trabalho da Semsa, Mircleide Santana, pontua que os médicos intercambistas, brasileiros e estrangeiros, recebem o Registro do Ministério da Saúde (RMS), que permite ao profissional atuar pelo “Mais Médicos” e que tem validade restrita à permanência no programa.

“Com o RMS, o bolsista estará autorizado para o exercício da medicina e das atividades de ensino, pesquisa e extensão exclusivamente no âmbito do programa, podendo atuar apenas no município alocado, para o desenvolvimento de ações na atenção básica à saúde”, assinala.

Fonte: Assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...