27.3 C
Manaus
sábado, abril 13, 2024
Publicidade
InicioAmazonasMulher denuncia negligência que deixou braço do pai inchado em hospital do...

Compartilhar

Mulher denuncia negligência que deixou braço do pai inchado em hospital do AM

Um idoso de 90 anos identificado como Pedro Paulo Oliveira, 90 anos, sofreu um estrangulamento nas veias do braço devido a um acesso de medicamento. O caso ocorreu no último dia 12, no Pronto Socorro 28 de Agosto, em Manaus. Segundo a filha do idoso, identificada como Alcilene Oliveira, o acesso teria sido mal colocado pela enfermeira de plantão.

Em conversa com a reportagem do Portal Barelândia, a filha do homem contou que a enfermeira do atendimento tentava colocar um acesso de medicamento na veia do senhor Pedro Paulo, mas a primeira tentativa não funcionou, sendo necessário uma segunda. Segundo Alcilene, a enfermeira tentou colocar o acesso no mesmo braço, causando um novo estrangulamento na veia, fez o sangue se espalhar pelo braço. “ela não fez pressão pro sangue paralisar. Quando ela saiu que eu olhei o braço do meu pai parecia que tava pegando fogo, todo inchado, circulando pela mão e subindo pelos braços”, contou Alcilene.

A mulher afirmou ainda que nenhum enfermeiro da unidade de saúde se prontificou a fazer algo para impedir que o inchaço se alastrasse. Somente horas depois que foi receitada uma pomada para reverter o inchaço.

Uma profissional de saúde que conversou com nossa reportagem, conta que, pela imagem vista, o idoso sofreu algo que é chamado de contenção, que ocorre quando o paciente se move demais e o acesso acaba machucando a veia, causando sangramento e originando o inchaço. No entanto, a mesma não deu informações mais concretas por desconhecer o quadro geral do idoso.

Ainda seguindo Alcilene, o senhor Pedro, que deu entrada no hospital devido a um quadro de pneumonia, ficou mais de 48 horas deitado em uma maca quebrada, resultando em dores e feridas no corpo do homem. Até o momento não tivemos retorno das autoridades sobre o caso.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...