29.3 C
Manaus
quarta-feira, julho 17, 2024
Publicidade
InicioAmazonasProcon-AM alerta população sobre falsos anúncios de lojas, na internet

Compartilhar

Procon-AM alerta população sobre falsos anúncios de lojas, na internet

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), alerta a população amazonense para falsas propagandas de lojas na internet, em razão de diversas denúncias e reclamações registradas junto ao órgão. Nesse sentido, o Instituto oferece orientações e dicas para que os consumidores não passem por problemas após efetuar suas compras on-line.

Com a correria do dia a dia, mais pessoas têm buscado o comércio eletrônico no Amazonas, atraídos pela praticidade da compra sem sair de casa e por ofertas com preços mais baixos do que nas lojas físicas. Por outro lado, aponta o Procon-AM, houve aumento nos casos de golpes nas compras on-line, por conta de empresas falsas que criam perfis e sites para vendas de produtos que não existem.

Esses casos tiveram crescimento no período de Carnaval, e em razão disso o órgão orienta os consumidores a redobrar a atenção quando o pagamento for realizado por meio de Pix, verificando se a conta de destino está em nome diferente do local onde está comprando, visto que circulam muitas falsas propagandas, principalmente em nome de lojas populares.

O órgão de defesa aponta que a maioria dos anúncios que aparecem todos os dias ao acessar as redes sociais, principalmente as ofertas muito vantajosas, trata-se de fraude, e que com frequência o golpe é feito utilizando nomes e logotipos idênticos ou muito semelhantes aos de grandes marcas. Depois de realizado o pagamento, normalmente em boleto, Pix ou débito, é muito difícil identificar os responsáveis e recuperar o dinheiro.

“Pedimos para que os consumidores pesquisem o histórico das reclamações de outras pessoas pela internet e desconfiem de ofertas miraculosas”, afirma Jalil Fraxe, diretor-presidente do Procon-AM.

Entregas e publicidade


Outra queixa relativa a compras on-line é a não entrega do produto no prazo. O Procon-AM também alerta que o site deve ter política de privacidade, pois o consumidor está colocando ali seus dados pessoais, bancários, do cartão de crédito e deve ser um ambiente seguro. “Se é uma página que não tem identificação, não tem canais de contato, desconfie e não compre”, aconselha Sasha Suano Veiga, diretora técnica do Procon-AM.

Quanto à publicidade enganosa, o Procon-AM recomenda que o consumidor procure denunciar a prática junto aos órgãos de defesa do consumidor, registrando boletim de ocorrência. E, caso tenha efetuado compra com cartão, informar à operadora e buscar cancelar a operação.

Na maioria dos casos a prevenção é a melhor alternativa, por isso é bom ficar de olhos nessas orientações do Procon-AM:

Preços: desconfie de ofertas vantajosas demais, com preços muito abaixo dos praticados no mercado.

Dados obrigatórios: procure no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, telefone e outras formas de contato, além do e-mail). Cheque se essas informações estão corretas e teste os canais de comunicação da loja antes da compra.

Endereço: confirme se as páginas que exigem dados pessoais para a compra iniciam por “https://” e se o cadeado está ativado (ícone amarelo numa extremidade da página).

Referências: prefira fornecedores renomados ou recomendados por amigos ou familiares. Se não conhecer a empresa ou não tiver referências boas do site, não compre.

Pagamento: não compre em sites em que as únicas formas de pagamento aceitas são o boleto bancário e/ou depósito em conta.

Privacidade: leia a política de privacidade da loja virtual para saber quais compromissos ela assume quanto ao armazenamento e manipulação de seus dados.

Documentos: imprima ou salve todos os documentos que demonstrem a compra e a confirmação do pedido (comprovante de pagamento, contrato, anúncios etc.), inclusive e-mails de confirmação.

Crime: em caso de estelionato, registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia mais próxima da sua residência ou na Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon).

Denúncias no Procon-AM
O órgão fica aberto para atendimento da população de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na avenida André Araújo, 1.500, bairro Aleixo, zona centro-sul da capital.

Outros canais de atendimento do órgão de defesa do consumidor são os números (92) 3215-4009 e 0800 092 1512, e o e-mail [email protected].

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...