26.3 C
Manaus
quinta-feira, julho 18, 2024
Publicidade
InicioAmazonasProfissionais de saúde do sistema prisional recebem capacitação

Compartilhar

Profissionais de saúde do sistema prisional recebem capacitação

A Prefeitura de Manaus está realizando um ciclo de capacitações para servidores do sistema prisional. Diretores, gerentes administrativos e técnicos de tecnologia da informação, que atuam em Unidades Prisionais (UPs) da capital, participam do treinamento para operacionalização das ferramentas de dados do Sistema Único de Saúde (SUS), coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que teve início da terça-feira, (11).

Inicialmente, 21, de um total de 132 servidores da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), estão participando do ciclo de aprendizagem. Os participantes estão sendo orientados sobre a operacionalização e atualização do Sistema de Cadastro Nacional para Estabelecimentos de Saúde (SCnes) e sistemas de informação nacionais.

A chefe da Divisão de Promoção de Equidade às Populações Vulneráveis da Semsa, Ana Mádria Fonseca, explica que a capacitação será realizada ao longo do terceiro trimestre deste ano.

“Além de capacitar os novos profissionais contratados pela empresa responsável pela gestão dos serviços de saúde nas unidades prisionais, participam também servidores que já atuam há algum tempo e que estão aprimorando seus conhecimentos sobre as ferramentas do SUS. Saber manejar esses sistemas é fundamental para criar as bases de dados que orientam a política de saúde”, afirmou.

Os próximos encontros estão marcados para o período de 18/7 a 4/8, quando os profissionais de saúde e operadores dos sistemas de informação serão capacitados sobre o Sistema com Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) e Cartão Nacional de Saúde.

De 21 de agosto a 1º de setembro, será abordada na capacitação a prática do cuidado das equipes de saúde do sistema prisional acerca das medidas de prevenção, diagnóstico e tratamento sobre IST/HIV.

As capacitações integram uma série de ações que a Semsa vem realizando com o objetivo de qualificar e humanizar a atenção à saúde no sistema prisional, por meio de iniciativas que visam ampliar o acesso das pessoas privadas de liberdade, à saúde.

“O abastecimento mensal de insumos e medicamentos previstos na Relação Municipal de Medicamentos (Renume), o monitoramento e deliberação de ações estratégicas, além do apoio laboratorial e diagnóstico nas unidades prisionais do município, são alguns exemplos”, afirma Ana Mádria.

Fonte: Assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...