29.3 C
Manaus
quarta-feira, julho 17, 2024
Publicidade
InicioBrasilCerca de 150 homens em trabalho escravo são resgatados na Serra Gaúcha

Compartilhar

Cerca de 150 homens em trabalho escravo são resgatados na Serra Gaúcha

Uma ação conjunta ente a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Ministério do Trabalho e Emprego resgatou ontem à noite (22/02), cerca de 150 trabalhadores que enfrentavam condições degradantes na Serra Gaúcha em situação análoga à escravidão.

Seduzidos por uma oferta de emprego que prometia salário de R$ 3 mil, além de outras vantagens. A realidade encontrada em Bento Gonçalves foi bastante diferente. Em condições precárias, os trabalhadores que, na maioria são oriundos da Bahia, relataram enfrentar desde a chegada no início de fevereiro atrasos nos pagamentos dos salários, violência física, longas jornadas de trabalho e oferta de alimentos estragados. Também disseram que eram coagidos a permanecer no local sob a pena de pagamento de uma multa por quebra do contrato de trabalho.

Após a denúncia feita ontem por três trabalhadores que conseguiram fugir do local e entraram em contato com a Polícia Rodoviária em Caxias do Sul, as autoridades foram até Bento Gonçalves e constataram a condição degradante a que os trabalhadores eram obrigados a trabalhar. Diante disso, a Polícia Federal prendeu o empresário responsável pela empresa e ele, posteriormente, foi encaminhado para o presídio de Bento Gonçalves.  O empresário tem 45 anos de idade, é baiano da cidade de Valente, e buscava mão de obra para trabalhar na colheita da uva. 

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...