25.3 C
Manaus
terça-feira, junho 18, 2024
Publicidade
InicioBrasilMinistério da Justiça mantém presença da Força Nacional, no RJ

Compartilhar

Ministério da Justiça mantém presença da Força Nacional, no RJ

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, manteve o emprego da Força Nacional de Segurança Pública no Rio de Janeiro, por meio de portaria publicada na última quinta-feira (28). Conforme o documento, a medida tem validade por 30 dias, a partir desta segunda-feira (1º).

De acordo com a portaria, a Força Nacional atua em apoio aos órgãos de segurança pública Federal e Estadual, para atuar nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Combate ao crime

A Força Nacional está atuando no Rio de Janeiro desde 2023. Em novembro, o ex-ministro Flávio Dino afirmou que manteria o grupo no Rio até janeiro deste ano, quando teria uma nova avaliação sobre a necessidade de manter as equipes no combate às organizações criminosas.

Na avaliação, também houve a prorrogação da medida até o dia 31 de março. Esta foi a primeiro prorrogação feita pela nova gestão da pasta.

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), tem pedido ajuda do governo federal para combater o crime organizado, principalmente as milícias e o tráfico de drogas. No ano passado, o político afirmou que as organizações que atuam no Rio atualmente também têm passagens por outros estados.Play Video

“Não são mais organizações criminosas pontuais que estão aqui, estão ali. Não. Hoje, são verdadeiras máfias alastradas pelo Brasil inteiro: Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte. A gente está vendo isso se alastrar a cada dia”, ressaltou Castro.

GLO nos portos e aeroportos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) editou um decreto para garantia da lei e da ordem (GLO) em portos e aeroportos do Rio de Janeiro e de São Paulo, em novembro do ano passado.

Os militares da Marinha ficaram responsáveis por auxiliar na segurança dos portos do Rio, de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). A Aeronáutica reforça a vigilância nos aeroportos internacionais do Galeão (RJ) e de Guarulhos (SP).

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...