25.3 C
Manaus
segunda-feira, maio 27, 2024
Publicidade
InicioBrasilVídeo: criança autista sofre descriminação em loja de roupas

Compartilhar

Vídeo: criança autista sofre descriminação em loja de roupas

Uma mãe denunciou nas redes sociais um caso de discriminação contra seu filho, que tem Transtorno do Espectro Autista (TEA), ocorrido em uma loja Riachuelo no Shopping Boulevard, em Feira de Santana, a cerca de 110 km de Salvador. O incidente teria ocorrido na quinta-feira (16).

A mãe relatou em um vídeo compartilhado nas redes sociais que apresentou a carteira de identificação do filho no caixa para receber atendimento prioritário. Contudo, uma funcionária da loja teria feito um comentário insensível após o atendimento, dizendo: “Não me passe essas bombas, não”. A mãe, indignada, reivindicou respeito para as pessoas com autismo e deficiência, destacando a importância de tratar todos com consideração.

O caso, registrado em vídeo e compartilhado nas redes sociais, gerou reações de apoio à família e críticas à conduta da funcionária da loja de departamento. A mãe enfatizou a importância de tratar todos com respeito, conscientizando sobre a realidade das famílias que lidam com crianças com deficiência.

A Riachuelo se pronunciou sobre o fato e se comprometeu em aprimorar os treinamentos de atendimentos de seus funcionários. A nota também diz que a mulher em questão não faz mais parte do quadro de colaboradores da empresa.

Leia a nota emitida pela Riachuelo sobre o incidente:

“Nós da Riachuelo lamentamos o ocorrido em nossa loja em Feira de Santana e pedimos desculpas. O comportamento da ex-colaboradora no atendimento não condiz com os valores defendidos e praticados por nós da Riachuelo. A empresa hoje conta com ciclos obrigatórios e periódicos de treinamento ao atendimento ao cliente, sempre em evolução e atualização, reforçando acima de tudo que o respeito a todos é inegociável. A partir desse caso, e em busca de que situações como essa não voltem a ocorrer, já está em implantação uma nova rodada extraordinária de treinamentos e capacitação da nossa força de vendas. Reforçamos nosso compromisso constante com o cuidado para que todos se sintam bem-vindos e acolhidos em nossos espaços.”

Fonte: G1

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...