28.3 C
Manaus
domingo, fevereiro 25, 2024
Publicidade
InicioCelebridadesMarcão do Povo é condenado crime de racismo contra Ludmilla

Compartilhar

Marcão do Povo é condenado crime de racismo contra Ludmilla

O apresentador Marcão do Povo foi condenado por unanimidade pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) pelo crime de racismo praticado contra a cantora Ludmilla. A decisão veio após os advogados da artista recorrerem da absolvição de Marcão do Povo na primeira instância. O processo foi movido pela cantora e pelo Ministério Público  em 2021.

De acordo com a assessoria de Ludmilla, o TJDFT determinou uma pena de 1 ano e 4 meses de prisão ao apresentador, além do pagamento de uma indenização à cantora. O valor da indenização será doado por Ludmilla a uma instituição voltada para a causa racial e o combate ao racismo.

O caso ocorreu em 2017, quando Marcão do Povo se referiu à cantora como “pobre macaca” durante a apresentação do programa “Balanço Geral” do Distrito Federal, veiculado pela TV Record de Brasília.

Fonte: Uol Splash

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...