26.3 C
Manaus
quarta-feira, julho 17, 2024
Publicidade
InicioCelebridadesSônia Abraão recebe críticas exibição de Linha Direta

Compartilhar

Sônia Abraão recebe críticas exibição de Linha Direta

A reestréia do programa Linha Direta, da Rede Globo, reviveu o caso Eloá, ocorrido em 2018, quando o então namorado da moça, Lindemberg Alves, invadiu sua casa e a fez refém e acabou matando a adolescente no desfecho. Um trecho especifico do programa fala da intromissão da imprensa nas negociações. Mesmo sem citar o nome de Sônia Abraão, o publico foi em seu perfil do Instagram atacá-la.

Através de simulações e depoimentos de envolvidos na época, o programa recontou o caso do seqüestro de Eloa Pimentel. Um dos aspectos abordados pela atração foi o palco que a mídia deu ao seqüestrador. O promotor de Justiça Antonio Nobre Folgado declarou “uma apresentadora de televisão se colocou na posição de negociadora. Ela começou a negociar, interrompendo a negociação da polícia”, disse, sem citar o nome de Sônia Abraão.

Na mesma oportunidade, a Globo expôs que ela própria interferiu, quando colocou a sua então repórter, Zelda Mello, para entrevistar Lindemberg. Para o promotor, o modo com a imprensa tratou o assassino o fez entender que ele estava tendo palco, e com isso, prolongou o seqüestro mais do que deveria.

No Twitter, diversos usuários fizeram críticas a apresentadora da Rede TV.

“Assistir Linha Direta e rever caso Eloá, é inevitavelmente impossível não te associar ao desfecho trágico. A própria Globo assumiu que como imprensa erraram, mas saber que você em busca de audiência atrapalhou ainda mais a negociação entrevistando o Lindenberg, num momento que poderia ser crucial pra um final diferente…eu como telespectador e principalmente ser humano, não consigo engolir. Tenho certeza que você irá tentar se retratar, mas uma vida perdida não tem volta, lamentável” Postou um usuário na rede social.

Outro comentou “Aí Sonia, você atrapalhou a negociação do Caso Eloá! Já que você é boa de fofoca, comenta sobre isso amanhã!”.

Na época, o programa A Tarde é Sua, Sônia Abraão, fez ao menos três entrevistas com Lindemberg Alves durante o seqüestro, sendo duramente criticada por isso. Muitos acreditaram que a apresentadora acabou por tornar vitima um criminoso, fazendo o seqüestro durar mais que o necessário. O crime tem um fim trágico, com Lindenberg atirando Eloa, que acabou morta dias depois no hospital, com morte cerebral constatada.

Fonte: IG

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...