26.3 C
Manaus
sexta-feira, junho 14, 2024
Publicidade
InicioEsporteBrasil sediará a Copa do Mundo Feminina 2027

Compartilhar

Brasil sediará a Copa do Mundo Feminina 2027

Na madrugada desta sexta-feira (17), o Brasil conquistou o direito de ser a sede da Copa do Mundo Feminina de Futebol em 2027. Durante a eleição no Congresso da Fifa, realizado na Tailândia, a candidatura brasileira superou a concorrência europeia composta por Alemanha, Bélgica e Holanda. Será a estreia da competição na América do Sul.

Depois de sediar as Copas do Mundo Masculinas de 1950 e 2014, o país terá a responsabilidade de receber a 10ª edição do torneio feminino, que vem sendo realizado desde 1991, quando a China foi a anfitriã.

Esta será a oportunidade para a Seleção Brasileira buscar o tão almejado título mundial, especialmente por ser realizada em território nacional, após ter ficado em segundo lugar em 2007, na China, quando perdeu na final para a Alemanha por 2 a 0.

Pela primeira vez, a sede de uma Copa do Mundo Feminina foi decidida em um Congresso da Fifa, por meio de eleição com a participação dos mais de 200 membros filiados. Nas edições anteriores, a decisão era tomada em reuniões do Conselho, o antigo Comitê Executivo, que conta com pouco mais de 30 membros.

O Brasil havia recebido uma nota geral superior ao projeto europeu, em relatório elaborado por profissionais da Fifa que visitaram as sedes: 4 contra 3,7, de um total de 5.

As desistências da África do Sul, no fim de 2023, e da parceria de Estados Unidos e México, no fim de abril, favoreceram o Brasil, que pôde trabalhar por votos com os membros da CAF (Confederação Africana de Futebol) e da Concacaf (Confederação das Américas do Norte e Central).

A Espanha poderá defender o título no Brasil, depois de conquistar a taça em 2023, batendo na final a Inglaterra, por 1 a 0, no Mundial realizado na Austrália e na Nova Zelândia.

Além do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, estão na Tailândia: o Ministro do Esporte, André Fufuca (PP-MA); a ex-jogadora Formiga, que tem mais de 230 partidas pela Seleção; a atacante Kerolin e a presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF-PB), Michelle Ramalho, única mulher a comandar uma entidade estadual.

No projeto enviado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) à Fifa, foram propostos dez estádios para a competição:

  • Mineirão (Belo Horizonte)
  • Beira-Rio (Porto Alegre)
  • Mané Garrincha (Brasília)
  • Arena Pantanal (Cuiabá)
  • Arena da Amazônia (Manaus)
  • Arena Fonte Nova (Salvador)
  • Arena de Pernambuco (Recife)
  • Arena Castelão (Fortaleza)
  • Maracanã (Rio)
  • Neo Química Arena (São Paulo)

Todos estes foram utilizados na Copa do Mundo de 2014. O fator decisivo foi o fato de não haver necessidade de gastar dinheiro na construção de novos equipamentos. Porém, uma vitória não significa que esses estádios serão de fato utilizados.

Mudanças poderão ocorrer nos próximos meses dependendo dos novos testes da FIFA. Por exemplo, a Arena Pantanal de Cuiabá recebeu avaliações ruins dos avaliadores. A capital, Mato Grosso, também recebeu avaliações ruins pelo local da Fan Fest e pelas acomodações para delegações e torcedores.

A CBF propôs que a Copa do Mundo fosse aberta na quinta-feira, 24 de junho de 2027, com o jogo de abertura da seleção brasileira no Grupo A, no Maracanã. A final será realizada no Rio de Janeiro no dia 25 de julho(domingo).

A empresa destinou dezenas de CTs e estádios menores em todo o Brasil para treinamento de outras equipes. Foram criados 44 CTs ou campos de treinamento em 39 cidades diferentes de 12 estados.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...