27.3 C
Manaus
domingo, abril 14, 2024
Publicidade
InicioMundoCoreia do Sul proíbe consume de carne de cães como alimento

Compartilhar

Coreia do Sul proíbe consume de carne de cães como alimento

Nesta terça-feira (9), o parlamento da Coreia do Sul aprovou um projeto de lei que proíbe a criação e o abate de cães para consumo, encerrando uma prática tradicional e controversa de comer carne de cachorro após anos de debate nacional. O projeto recebeu apoio bipartidário, refletindo uma mudança de atitudes em relação ao consumo de carne de cão durante as últimas décadas de rápida industrialização no país.

A nova lei proíbe a distribuição e venda de produtos alimentares elaborados ou processados com ingredientes caninos, visando principalmente aqueles envolvidos na indústria, como criadores e vendedores de cães. Abater um cachorro para consumo pode resultar em até três anos de prisão ou multa de até 30 milhões de won coreanos (aproximadamente US$ 23 mil). Proprietários de fazendas terão três anos para fechar ou mudar de negócio, com apoio do governo na transição.

A aprovação do projeto reflete a mudança nas percepções sobre o consumo de carne de cachorro, impulsionada por um aumento na posse de animais de estimação e uma diminuição no número de sul-coreanos que consomem carne de cão. Apesar da resistência de criadores e proprietários de empresas, a lei busca equilibrar a tradição com as preocupações crescentes com o bem-estar animal.

Fonte: CNN Brasil

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...