27.3 C
Manaus
quinta-feira, maio 30, 2024
Publicidade
InicioMundo“Godfather”: Último chefão da máfia italiana é preso após 30 anos foragido

Compartilhar

“Godfather”: Último chefão da máfia italiana é preso após 30 anos foragido

Nessa segunda-feira (16/01), Matteo Messina Denaro, de 60 anos, considerado o último “Godfather” da máfia italiana, foi preso pela polícia em uma clínica particular em Palermo, capital da Sicília. Ele é acusado de chefiar o grupo Cosa Nostra e estava foragido desde 1993.

O mafioso também é suspeito de participação em vários assassinatos cometidos na década de 1990.

Em 1992, Matteo estaria por trás da morte de dois promotores, Giovanni Falcone e Paolo Borsellino, que investigavam a máfia que ele fazia parte.

Ele também é acusado de ataques a bomba em Florença, Roma, Milão e Sicília.

A primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, comemorou a prisão no Twitter.

“Uma grande vitória do estado que demonstra que não desiste diante da máfia. Após o aniversário da prisão de Totò Riina, outro chefe do crime organizado, Matteo Messina Denaro, é levado à justiça”, escreveu.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...