28.3 C
Manaus
quinta-feira, junho 13, 2024
Publicidade
InicioMundoPresidente da Bolívia é expulso de seu partido

Compartilhar

Presidente da Bolívia é expulso de seu partido

O presidente da Bolívia, Luis Arce, foi expulso do Movimento ao Socialismo (MAS), partido com o qual venceu as eleições de 2020. A decisão foi tomada durante um congresso do partido realizado entre terça e quarta-feira no Estado de Cochabamba. Esse rompimento ocorre em meio a uma crescente disputa entre Arce e seu antigo aliado, o ex-presidente Evo Morales, que já anunciou sua candidatura à eleição presidencial de 2025.

Segundo a resolução aprovada pelos partidários de Morales, Arce foi considerado como tendo “auto-expulsado” ao não comparecer ao congresso em que Morales foi proclamado candidato às primárias em dezembro. A Lei de Organizações Políticas da Bolívia requer que todos os partidos realizem disputas internas para definir seus candidatos. Além de Arce, o vice-presidente David Choquehuanca e outros 28 militantes do MAS que eram próximos ao presidente, incluindo legisladores e funcionários, também foram expulsos do partido.

A rivalidade entre Morales e Arce se intensificou nos últimos meses, com Morales acusando o atual presidente de traição, corrupção e conivência com o narcotráfico. Esta decisão de expulsar Arce do MAS marca um momento significativo na política boliviana e pode ter implicações nas próximas eleições presidenciais do país.

Fonte: Jovem Pan

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...