28.3 C
Manaus
sexta-feira, abril 19, 2024
Publicidade
InicioMundoProtestos na China podem prejudicar produção de iPhones

Compartilhar

Protestos na China podem prejudicar produção de iPhones

Protestos realizados na principal fábrica da Apple na China, em Zhengzhou, podem resultar em um déficit de produção de cerca de 6 milhões de unidades do iPhone Pro neste ano.

Contudo, a gravidade do problema depende da rapidez com que a Foxconn, empresa taiwanesa que fabrica os celulares, para garantir a plena retomada dos trabalhos na indústria.

Segundo informações, o campus de Zhengzhou, foi atingido por lockdowns e protestos de trabalhadores que teriam deixado o local, conhecido como “iPhone City”, após uma escassez de alimentos em outubro.

Na semana passada, ocorreram manifestações por conta de erros no pagamento de parte dos funcionários. Na quinta-feira (24/11), a Foxconn, a maior fabricante global de iPhones, desculpou-se pelo problema.

Ela responde por 70% das remessas de iPhone para o mundo e ali, são produzidos modelos como 14 Pro e Pro Max.

Com o aumento da Covid-19, cidades em todo o país asiático estão impondo bloqueios massa. Ações que, segundo analistas, provocam sucessivos protestos que podem abalar o desempenho da segunda maior economia do mundo – e a maior parceira comercial do Brasil.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...