28.3 C
Manaus
domingo, fevereiro 25, 2024
Publicidade
InicioMundoTerremoto violento atinge o Japão nesta segunda-feira

Compartilhar

Terremoto violento atinge o Japão nesta segunda-feira

Um terremoto de magnitude 7,5 atingiu o oeste do Japão nesta segunda-feira (1º), desencadeando um alerta de tsunami, conforme reportado pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) e pela Agência Meteorológica do Japão. Relatos locais indicam que pelo menos uma pessoa perdeu a vida após o desabamento de um prédio em decorrência do tremor.

O epicentro do terremoto, com profundidade de 10 quilômetros, ocorreu às 16h10 (horário local), cerca de 42 quilômetros a nordeste de Anamizu, na província de Ishikawa. O abalo sísmico provocou danos significativos, destruindo rodovias, edifícios e resultando em incêndios. A Agência Meteorológica do Japão emitiu alertas de tsunami ao longo das regiões costeiras do oeste do país, instando os residentes nessas áreas a buscar refúgio em terrenos mais elevados.

Além dos impactos no Japão, Coreia do Sul e Rússia estão em alerta para a possibilidade de tsunamis em partes de suas costas. Relatos indicam que um tsunami de até 5 metros pode estar atingindo Noto, na província de Ishikawa. A Administração Meteorológica da Coreia do Sul está monitorando possíveis mudanças no nível do mar em áreas específicas, enquanto a Rússia declarou uma ameaça de tsunami em algumas de suas cidades voltadas para o Mar do Japão.

O forte terremoto no Japão resultou na suspensão de alguns serviços dos trens-bala Shinkansen, conforme informado pela operadora ferroviária JR East. As linhas JR Hokuriku e Joetsu Shinkansen foram interrompidas, e a empresa relatou atrasos em outras linhas devido ao impacto do terremoto. Casas foram abaladas, com imagens mostrando telhados desabados e fundações comprometidas. O governo japonês tranquilizou a população, afirmando que as usinas nucleares do país não apresentam irregularidades após o sismo.

O terremoto de magnitude 7,5 no oeste do Japão desencadeou alertas de tsunami em várias regiões, com ondas de menos de um metro sendo relatadas em áreas costeiras. O Sistema de Alerta de Tsunami do Japão categoriza ondas de menos de 1 metro como “aviso de tsunami”, enquanto ondas acima de 3 metros se enquadram no “alerta de tsunami” e ondas superiores a 5 metros são classificadas como “alerta de tsunami de grande porte”. As autoridades em Coreia do Sul e Rússia também estão em estado de alerta, monitorando a situação nas áreas costeiras para garantir a segurança da população.

Fonte: CNN Brasil

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...