27.3 C
Manaus
quinta-feira, maio 30, 2024
Publicidade
InicioMundoTiroteio em Maine: sobrevivente relata pânico em pista de boliche

Compartilhar

Tiroteio em Maine: sobrevivente relata pânico em pista de boliche

Um homem que estava presente no estabelecimento SpareTime Recreation no estado do Maine, nos EUA, quando um atirador iniciou um tiroteio na noite de quarta-feira, compartilhou seu relato sobre como conseguiu escapar do ataque e se esconder até a chegada das autoridades. O tiroteio, que também ocorreu em um bar-restaurante na mesma região, resultou em pelo menos 16 mortos e cerca de 50 feridos. O cliente, identificado apenas como Brandon, descreveu o momento em que percebeu que estava no meio de um atentado.

Brandon explicou que todos estavam no estabelecimento, tendo uma noite comum de boliche, quando o atirador entrou abruptamente e começou a disparar. Ele descreveu a cena: “Estávamos todos lá dentro, apenas uma noite normal de boliche. Do nada, ele entrou e houve um estalo alto. Achei que fosse um balão [estourando]. Eu estava de costas para a porta. Logo que virei e vi que não era um balão, que ele estava segurando uma arma, eu corri pela pista, escorreguei basicamente até o lugar onde ficam os pinos e escalei a máquina. Fiquei no topo das máquinas por cerca de 10 minutos até os policiais chegarem lá.”

Brandon explicou que havia chegado ao local apenas dez minutos antes e estava se preparando para jogar boliche quando ouviu os primeiros disparos. Ele detalhou o quão próximo estava do atirador: “Ninguém deveria ver isso na vida real. Quando cheguei ao topo da máquina, havia muito tumulto por lá. Eu ouvi o primeiro tiro a 4 metros de mim. Ele estava perto, muito perto.”

O atirador fugiu após os assassinatos, e centenas de policiais estão realizando buscas para localizá-lo na cidade de Lewiston, a segunda maior cidade do estado do Maine. A população local foi aconselhada a permanecer em suas casas devido à presença deste homem, que é considerado “armado e perigoso”.

Fonte: O Globo

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...