29.3 C
Manaus
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
Publicidade
InicioPolíciaCorpo de homem é encontrado boiando com pedra amarrada em partes íntimas

Compartilhar

Corpo de homem é encontrado boiando com pedra amarrada em partes íntimas

O corpo de um homem foi encontrado boiando no início da tarde de terça-feira (5), por volta do meio-dia, próximo ao Farol, na Praia Brava em Itajaí, em Santa Catarina. A Polícia Militar foi acionada por uma mulher de 49 anos que relatou que seu companheiro estava pescando marisco e visualizou um cadáver na costa da praia, no local denominado Canto do Morcego.

O companheiro da mulher aguardava a guarnição próximo ao local onde estava o cadáver, que é de difícil acesso. Com isso, uma equipe dos bombeiros militares foi acionada para verificar a veracidade da informação através do uso de drone e de Jet Ski. Após confirmar a ocorrência, os bombeiros realizaram a retirada do cadáver da água e logo em seguida acionaram a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias.

Segundo o relato dos bombeiros que retiraram o corpo da água, o cadáver encontrava-se boiando e ao virá-lo constataram que ele estava amarrado a uma pedra pelas genitais e tinha um corte na cabeça, indicando morte violenta e a prática do crime de homicídio.

Identificação do corpo encontrado

O masculino até então não identificado tinha cerca de 1,80 metro, 80 kg, cor parda, barba e uma tatuagem de uma bicicleta no antebraço esquerdo. Ele estava completamente sem roupas, logo não foi possível localizar nenhum documento que o identificasse.

No final da tarde foi possível identificar a vítima como sendo um homem de 29 anos, natural de Brejão, em Pernambuco. Parentes da vítima foram acionados e compareceram até o IGP, onde reconheceram o corpo.

O homem possuía um registro de desaparecimento no dia 1º de julho, onde seu pai relatou que ele saiu na tarde do dia 30 e não retornou mais. Que ele seria surdo e mudo e costumava fazer academia ao ar livre ao lado da roda gigante. Segundo os familiares, ele não tinha amigos e a família, que veio para Santa Catarina há pouco tempo, não possui conhecidos e parentes na cidade. Após colher as informações, a guarnição lavrou o boletim e finalizou a ocorrência.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...