28.3 C
Manaus
sexta-feira, abril 19, 2024
Publicidade
InicioPolíciaTrio que matou homem em Manaus é preso em Santa Catarina

Compartilhar

Trio que matou homem em Manaus é preso em Santa Catarina

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC), deflagrou, na terça-feira (09/01), a Operação Falcão Peregrino, que resultou nas prisões de José Mauro Moreira da Silva, 54; Allan Jordan Cordeiro da Silva, 26; e Mauro Josephem Cordeiro da Silva, 29, respectivamente pai e filhos, pelo homicídio de Jorge Adriano Lima Miranda, 36.

O crime ocorreu no dia 30 de junho de 2023, em um bar localizado na rua Genipapo, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus. Os suspeitos foram presos no estado de Santa Catarina.

Durante coletiva de imprensa, o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, agradeceu o apoio da PCSC na captura do trio que já estava sendo procurado pela a autoria do crime, e estava foragidos do Amazonas.

“As investigações apontaram que Mauro Josephem estava em um bar com Jorge Adriano, ocasião em que houve um atrito entre eles. Em seguida, Mauro Josephem foi até sua casa e chamou o pai José Mauro e o irmão Allan Jordan, que retornaram ao bar e golpearam a vítima com várias facadas”, relatou Cunha.

De acordo com o delegado Danniel Antony, adjunto da DEHS, no dia do fato, as equipes da delegacia foram acionadas e se deslocaram até o endereço, onde colheram todas a informações e, a partir disso, foram iniciadas as diligências a fim de identificar e prender os suspeitos.

Em posse das informações e identificação dos autores, foi representada à Justiça pela prisão temporária dos indivíduos, e a ordem judicial foi decretada pelo Poder Judiciário.

“Verificamos que o trio havia fugido para Santa Catarina, e de imediato contatamos a PCSC, que realizou buscas e conseguiu localizar e prender José Mauro, Allan Jordan e Mauro Josephem”, informou Danniel Antony.

Ainda segundo a autoridade policial, os três foram interrogados por uma equipe da DEHS, via videoconferência. Nesse momento eles ficarão no sistema prisional de Santa Catarina, aguardando as atividades administrativas judiciais para serem recambiados para Manaus.

Fonte: Assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...