25.3 C
Manaus
sexta-feira, junho 14, 2024
Publicidade
InicioPolíticaBolsonaro processa Boulos por associá-lo ao caso Marielle Franco

Compartilhar

Bolsonaro processa Boulos por associá-lo ao caso Marielle Franco

A Justiça do Distrito Federal deverá realizar no dia 19 de julho audiência de mediação entre o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP).

Bolsonaro exigiu 50 mil reais de indenização por danos morais. Segundo a defesa do ex-presidente, o pré-candidato a prefeito de São Paulo fez “inferências” e o acusou de envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

A operação listou publicações no X (antigo Twitter) em que deputados do PSOL teriam apontado Bolsonaro como responsável pelo crime.

Bolsonaro decidiu processar seus rivais políticos depois que a Polícia Federal identificou os irmãos Chiquinho e Domingos Brazo como os responsáveis ​​pelo assassinato. Ambos os homens foram presos desde o final de março por seu suposto envolvimento no caso.

A decisão de Bolsonaro de processar o adversário político ocorre após os irmãos Chiquinho Brazão e Domingos Brazão serem apontados pela Polícia Federal como os mandantes dos assassinatos. Ambos estão presos desde o fim de março pela suspeita de participação no caso.

Recentemente, outra disputa entre Boulos e Bolsonaro foi parar na Justiça. O ex-presidente foi obrigado a excluir uma postagem que fez nas redes sociais com informações que seriam falsas sobre o deputado.

No material compartilhado, uma reportagem intitulada “Governo coloca em sigilo números de fugas em presídios brasileiros”, Bolsonaro usou imagens do parlamentar junto com Lula.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...