26.3 C
Manaus
sexta-feira, junho 14, 2024
Publicidade
InicioPolíticaDeputado denuncia possível apagão e falta de gás na região Norte

Compartilhar

Deputado denuncia possível apagão e falta de gás na região Norte

O deputado federal Sidney Leite (PSD-AM), denunciou na tribuna da Câmara Federal, na tarde desta quarta-feira (22), que o Amazonas poderá sofrer com desabastecimento de gás. O motivo seria o cancelamento da licença de operação da Transpetro, empresa que faz o transporte do petróleo bruto para as refinarias. A autorização é concedida pelo Governo do Estado.

Há pelo menos 14 anos essa atividade vem sendo realizada no Amazonas, sem nenhum registro de acidentes e atendendo a demanda da população. A suspensão da licença, foi feita pelo mesmo órgão que tem autorizado na última década, o Intituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), e uma nova autorização, deve demorar de seis meses a um ano, segundo os registros históricos de licenças concedidas pela pasta.

O parlamentar afirmou que essa ação pode parar a produção de petróleo e consequentemente a exploração do gás GLP, que atualmente tem produção de 950 tonelas, representando aproximadamente 80 mil botijas de gás, utilizadas para abastecer a região Norte do país.

“Mas se isso por si só não fosse o problema, essa bacia de Urucu, que também tem o gasoduto Coari x Manaus vai parar de gerar energia em Manaus. No bolo, essa geração pode não ser volumosa, mas toda vez que isso acontece, nós temos blackout na cidade, ou seja. nós teremos falta de gás de cozinha no Norte e de energia no Amazonas.”, enfatiza.

A ação deve proporcionar ao estado um prejuízo histórico, uma vez que a exploração de petróleo no Urucu, representa o maior faturamente de ICMS (Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) do Amazonas.

Sidney reforçou em seu discurso que a população continua sendo desrespeitada pelo atual governo, e que agora deve ver o preço de um item básico de todas as residências aumentar ainda mais, devido a possível escassez.

Com informações da assessoria

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...