24.3 C
Manaus
terça-feira, junho 18, 2024
Publicidade
InicioTecnologiaQuem comprar celular roubado ou furtado receberá alerta via WhatsApp

Compartilhar

Quem comprar celular roubado ou furtado receberá alerta via WhatsApp

A novidade foi adotada pelo governo do Piauí e desenvolvida pela Polícia Civil. Agora, a iniciativa será implementada em todo o país. Segundo o MJSP, o esquema é baseado em um programa de computador que armazena dados de celulares do estado. Caso esta linha esteja habilitada no aparelho, a operadora de telefonia informará a localização e qual aparelho recebeu a nova conta.

Portanto, se um dispositivo for reportado como roubado ou furtado, a polícia convocará o novo usuário por meio do aplicativo de mensagens para explicar as circunstâncias de ter tal dispositivo em mãos. Caso você não apresente o recibo de compra do seu smartphone, o recibo ficará retido pelas autoridades e encaminhado ao verdadeiro proprietário.

Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Pública do Piauí, os roubos de celulares no estado caíram 44% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. No caso de roubo, houve queda de 18%, enquanto as taxas de recuperação de dispositivos aumentaram 139%.

Ainda não há uma data definida para o início das operações. Um Comitê Gestor, formado por membros do MJSP, foi criado na semana passada para garantir que o programa seja sempre atualizado. Além de monitorar e recuperar aparelhos, o Comitê Gestor identificará boas práticas, fornecerá dados públicos para o desenvolvimento de políticas de segurança pública e proteção dos direitos do consumidor, em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Por meio do Celular Seguro, às vítimas de roubo ou furto podem bloquear o celular e aplicativo digitas do aparelho, a partir do acionamento de um “botão de emergência”. Para isso, o cidadão precisa se registrar antes no sistema.

Após o cadastro, o usuário ainda pode indicar pessoas de confiança, que estarão autorizadas a efetuar os bloqueios necessários. O bloqueio do celular também pode ser feito pela própria vítima, acessando o site por meio de um computador. O aplicativo está disponível na Play Store (para dispositivos com sistema Android) e na App Store (para iOS/iPhone).

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...