26.3 C
Manaus
sexta-feira, junho 14, 2024
Publicidade
InicioBrasilAssociação é acusada de comprar dados do INSS, em SP

Compartilhar

Associação é acusada de comprar dados do INSS, em SP

Uma suposta prática de compra de informações do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por parte da Associação dos Aposentados Mutualistas para Benefícios Coletivos (Ambec) revirou São Paulo. A associação, que registrou um dos maiores aumentos de arrecadação com contribuições de aposentadorias no último ano, é acusada de inscrever aposentados sem o seu consentimento e realizar cobranças mensais diretamente em suas folhas de pagamento.

De acordo com informações apuradas, a Ambec teria realizado essas ações em conjunto com um grupo de seguradoras, com o intuito de fraudar aposentados. O esquema, que envolveu uma série de entidades habilitadas pelo INSS, arrecadou mais de R$ 2 bilhões em um ano, acumulando mais de 60 mil ações judiciais.

O faturamento mensal da Ambec saltou de R$ 1,8 milhão para impressionantes R$ 30 milhões em apenas um ano, um aumento de 1.500%. A associação, que contava com 38 mil membros em janeiro de 2023, viu esse número disparar para 650 mil aposentados em janeiro de 2024.

As práticas ilegais incluíam a realização de filiações sem a permissão dos segurados, o que resultou em 4,7 mil processos judiciais e diversas condenações. O esquema teria sido viabilizado por meio de um acordo de “cooperação técnica” com o INSS, que autorizava o desconto de R$ 45 nas aposentadorias dos beneficiários em troca de serviços de assistência.

O Ministro da Previdência, Carlos Lupi (PDT), condenou veementemente essas práticas, classificando como abusivas e fraudulentas. Ele assegurou que o governo tomará medidas severas para interromper esses descontos diretos nos pagamentos dos aposentados por entidades parceiras do INSS.

As autoridades competentes estão empenhadas em investigar a fundo essas denúncias e responsabilizar os envolvidos por seus atos criminosos.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...