25.3 C
Manaus
sexta-feira, junho 14, 2024
Publicidade
InicioBrasilPrefeitura de Porto Alegre não conclui cadastro e familias ficam sem...

Compartilhar

Prefeitura de Porto Alegre não conclui cadastro e familias ficam sem auxílio

Apesar de mais de 150 mil pessoas terem sido afetadas pelos temporais no Rio Grande do Sul, Porto Alegre não teve nenhuma família habilitada para receber os R$ 5,1 mil do Auxílio Reconstrução no primeiro lote de pagamento que foi liberado na segunda-feira (27).

O Ministério Extraordinário da Reconstrução diz que isso ocorre porque a prefeitura não forneceu ao governo federal os dados necessários sobre a população atingida. O processo de confirmação das informações cadastradas pelas prefeituras começou nesta segunda-feira (27), mas os residentes da capital não conseguiram concluir o cadastro sem a ajuda do poder municipal, como endereços de alagamentos.

O ministério informou que 44,5 mil famílias de 15 cidades do Rio Grande do Sul já receberam o benefício.

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Porto Alegre, os servidores da pasta trabalham para organizar os dados obtidos junto à população e prevê o envio ao governo federal até esta terça-feira (28). Devem repassar informações de cerca de 20 mil beneficiários nesta primeira etapa.

Em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde a água avançou sobre 60% do perímetro urbano expulsando de casa mais de 180 mil pessoas, houve o cadastro de 68 mil famílias candidatas ao benefício, sendo que 42 mil já tiveram o pagamento aprovado.

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.642.0_pt_br.html#goog_2047763009Reproduzir vídeo

O benefício

O governo federal criou o benefício, pago em parcela única via PIX, para socorrer as famílias que perderam bens pessoais e renda em razão das chuvas históricas no estado.

O cadastro da prefeitura é a primeira etapa para que o pagamento do benefício ocorra. Depois, os dados são conferidos pelo governo federal. Com o pagamento autorizado, o responsável pela família a receber o benefício precisa confirmar a solicitação pela internet.

Para colher as informações dos atingidos, a prefeitura da Capital criou o Registro Unificado, que pode ser acessado pela internet. Quem ainda não se registrou, pode se cadastrar.

COLUNISTAS

Siga-nos

LEIA TAMBÉM

Clima esquenta na PM depois que a família do Coronel Menezes passou a mandar na corporação

Circula em grupos de policiais no WhatsApp um texto...

Comerciante que se achava dono da rua teve telhado demolido e material apreendido pela prefeitura

Um telhado construído em cima de uma rua para...